O papel do xamã é se comunicar com o mundo espiritual, dando respeito ao espírito dos ancestrais, e viver em harmonia com a natureza. Os ancestrais são as almas dos indivíduos que foram antes de nós. Eles viveram neste mundo físico e adquiriram o conhecimento e a consciência de que estamos aqui atualmente para aprender antes de nos voltarmos para os reinos invisíveis.

Como funciona o xamanismo?

Por convenção, os xamãs estudam os modos de vida dos animais que vivem em suas próprias terras. Acredita-se que os animais têm uma pureza de propósito que pode ajudar os humanos a entender muito sobre seu próprio potencial espiritual. Durante estados de transe induzidos pela meditação ou rituais sagrados, o xamã entra em contato com seu animal de poder e viaja com ele através dos planos internos. Este espírito criatura literalmente ou simbolicamente fornece ao xamã importantes insights sobre sua própria natureza, o caráter da pessoa em busca de cura ou conselheiro, além das necessidades de sua comunidade.

Os xamãs têm muitos papéis distintos, mas todos funcionam com objetivos maiores na construção de pontes entre os mundos físico e não-físico, servindo à humanidade e à Terra, assim como tocando o Divino para que a cura possa ocorrer.

O xamã é sobretudo um curandeiro e as culturas têm tradições curativas naturais; a medicina contemporânea cresceu a partir das habilidades do ervanário, do curandeiro, da bruxa branca e do curandeiro da fé. O símbolo chinês de Yin e Yang é uma indicação potente de equilíbrio. As áreas de branco e preto estão uniformemente distribuídas e há um pouco de cada cor que reside dentro da outra. A medicina chinesa tem tentado manter o equilíbrio do Yin e Yang por séculos. Os médicos chineses dependem de meridianos energéticos, ou circuitos de energia, que passam através e ao redor do corpo físico. Quando há um desequilíbrio, esses meridianos são bloqueados ou distorcidos e a doença pode acontecer. O desequilíbrio inicial pode ser físico, psicológico, emocional ou espiritual.

Um xamã também pode ser o tolo, o palhaço ou o bobo da corte usando habilidade, criatividade e humor para divertir ou difundir situações potencialmente perigosas ou incentivar a aprendizagem religiosa e/ou a recuperação.

Muitos xamãs foram os videntes, visionários e psíquicos cujo conhecimento da natureza humana, intuição e poder de adivinhação são apreciados por outros. Estes xamãs desenvolveram habilidades naturais de clarividência, clarividência e consciência que estão latentes dentro de todos nós.

A capacidade de visão clara do xamã muitas vezes decorre de sua capacidade de alcançar estados de consciência alterados que lhe dão uma imagem maior do mundo e de ver além dos eventos cotidianos da vida comunitária.

Alguém pode ser um xamã?

Alguns indivíduos nascem xamãs e outros se tornam xamãs através de treinamentos que dão vida ao seu potencial xamânico. Para muitos indivíduos, o caminho de ser um xamã é um processo gradual que nem sempre envolve traumas particulares. Ao se tornar um xamã, deve-se encontrar um equilíbrio entre o lado lógico, razoável e lógico da natureza e seus traços pessoais instintivos, intuitivos e ridículos. Os xamãs devem conhecer a gama completa de emoções humanas - para senti-las, viver juntos e se inspirar nelas e, ao mesmo tempo, possuir o conhecimento para saber quando simplesmente reconhecer suas próprias emoções, mas ignorá-las. Para recuperar o contato com o mundo natural e descobrir áreas de quietude e verdade que irão melhorar seu poder de visão, muitos futuros xamãs escapam da vida comunitária por um período de tempo.

O jejum, a meditação, a oração e a jornada geralmente facilitam visões através das quais os espíritos do mundo podem parar pelo buscador, trazendo segurança, sabedoria e consciência. Durante uma visão, o xamã às vezes se junta, ou se reconecta, a guias particulares (um ancestral, animal, planta, rocha ou qualquer outra parte da natureza). Despertar o xamã dentro dele freqüentemente vem com maior poder e habilidade criativa, revertendo o instinto natural de depreciar nossas próprias qualidades nestas regiões. A criatividade abre outras medidas e expande a consciência. Aqueles que acreditam que seu caráter xamânico está despertando após um período de crise em sua vida fariam melhor em aceitá-lo completamente em vez de combatê-lo. Muitos homens e mulheres descobrem que seu instinto se desenvolve quando se concentram em seu próprio crescimento espiritual, auto-cura e crescimento pessoal. Todas as pessoas têm uma gama de percepções psíquicas tão reais e tão vitais quanto seus cinco sentidos físicos. Nem todas as pessoas têm os dons e habilidades exatos em todas as áreas, mas todos nós temos habilidades psíquicas que podem ser expandidas.

Ser um xamã de hoje

Os xamãs sempre foram descritos como curandeiros feridos - aquele que traz a cura para os outros como uma forma de curar suas próprias feridas similares. Ser um curandeiro ferido não requer que um magoe sua própria vida para ser capaz de compreender os problemas do outro ou ajudar a outra cura. Tudo o que é necessário é a vontade de curar a si mesmo ao aderir a um caminho xamânico e extrair sabedoria de suas experiências pessoais. Desarmonia e desordem muitas vezes são causadas por uma batalha interior entre mente, corpo e alma ou entre compreensão e aprovação.

O xamã deve negociar um equilíbrio de corpo, mente e espírito dentro dele e ajudar os outros a encontrar esse equilíbrio. O corpo, a mente e a alma são capazes de permanecer saudáveis; quando esta habilidade deixa de funcionar, formas energéticas e espirituais de recuperação podem estimulá-la e restaurar o equilíbrio.

Os xamãs modernos vêm de todas as origens sociais e culturais. Seus trabalhos, por mais humildes que sejam, parecem dar-lhes a oportunidade de servir aos outros ou ao meio ambiente. Muitos xamãs modernos decidem permanecer invisíveis e praticam suas habilidades sem serem notados. Entretanto, com a experiência e o aumento de seus conhecimentos e habilidades, eles têm a tendência de mudar para empregos que lhes permitirão mais oportunidades para melhor expressar suas habilidades de recuperação e criatividade. Os xamãs devem residir em lugares onde sejam mais capazes de servir aos outros e de facilitar seu próprio desenvolvimento espiritual. As pessoas que fazem o melhor para se curar e seguir seu caminho religioso espiritual tornam-se mestres religiosos para os outros.

Espiritualidade Xamânica

A Espiritualidade Xamânica evoluiu internacionalmente ao longo dos séculos. Hoje, a Shamanic-Soul não é mais o espírito apenas de indivíduos particulares. É uma expressão do anseio espiritual coletivo de incontáveis buscadores da verdade. Transcendendo fronteiras nacionais e divisões religiosas, o Xamanismo moderno é um caminho experiencial de transformação que nos convida a uma conexão profunda e viva com a natureza e a Fonte Divina de tudo o que ela é.

O xamanismo contemporâneo é uma tradição pragmática e centrada na criação que permite explorar os mundos inferior, médio e superior e entrar em profunda conexão com a realidade interior do coração de uma pessoa; com os ancestrais, pedras, plantas e animais aliados; com o solo, céu, lua, estrelas e sol; com a Fonte Única de tudo o que é.

Os métodos do xamanismo podem ter mudado com o tempo, mas os objetivos ainda são os mesmos: amar e aceitar a si mesmo e aos outros incondicionalmente, viver plenamente, alegremente, apaixonadamente e criativamente; crescer em sabedoria estudando o livro vivo da natureza; e entrar profundamente na reverente consciência de que tudo está vivo, consciente e interligado.

Citações do xamanismo

Os xamãs da Escola Internacional do Xamanismo consideram:

Criador Supremo ou Grande Espírito é a Fonte de tudo o que é, de tudo o que foi e de tudo o que será.

O Grande Espírito está em tudo e é parte do Grande Espírito.

Na idéia da sagrada reciprocidade: Hoje para você, amanhã para mim.

O Sol é nosso pai simbólico e a Terra é nossa mãe simbólica.

Abraçamos e destacamos o bem mais alto de todos, uma visão fundamentada na idéia de aceitação incondicional e amor ao próximo e a si mesmo.

Tudo está interligado em um campo energético vivo. Tudo está vivo e consciente.

Tudo está relacionado. Somos todos irmãos e irmãs.

A vida é um ritual sagrado. A vida está neste momento. A vida é o caminho junto com o instrutor.

Somos uma centelha divina na natureza. Cada homem ou mulher é um espírito em um corpo.
Que a chave da sabedoria não está na busca da resposta ideal, mas em fazer as perguntas adequadas.
Que ninguém tem todas as respostas, mas todos nós podemos aprender uns com os outros.

Que com esta viagem sagrada, a experiência dos outros sirva de guia para todos.

Aqueles que respondem ao chamado religioso interno precisam redescobrir por si mesmos os caminhos que levam ao caminho e iniciar sua ascensão para o bem mais elevado de todos, para uma comunhão mais profunda com o Grande Espírito.

Cada buscador espiritual deve fazer seu próprio caminho para a verdade do coração. Aqui, neste lugar sagrado, a alma da sabedoria, o xamã interno, espera uma alegre descoberta e uma reunião feliz.

Com aceitação incondicional e amor, alegria e antecipação, antecipamos ansiosamente seu desejo de aprofundar o estudo, a oração, a meditação, a jornada xamânica, o jejum e sobre todo o serviço altruísta.

Honramos todas as expressões religiosas do Grande Caminho. Admitimos que o nosso é um caminho, mas certamente não o único.

Artigo anteriorA Energia Divina ajudará você a encontrar o Amor
Próximo artigoO poder de Despertar para o Eterno Agora